COMPRAMOS
O SEU AUTOMÓVEL
COMPRAMOS
O SEU AUTOMÓVEL
background

Blog

Novidades do Mundo Automóvel - 14 de Novembro de 2022
Image01

Maserati Grecale único - O novo carro da Barbie?

A Maserati e a Mattel juntaram-se e criaram, através do programa de personalização Fuoriserie, este Maserati Grecale, feito para a Barbie, é uma de apenas duas unidades que serão produzidas. De nome Barbie Maserati Grecale destaca-se pela sua pintura cor de rosa.

O  tom em que este Maserati Grecale foi desenvolvido cria um efeito arco-íris quando o mesmo está ao sol, e podemos ver ainda apontamentos em amarelo à volta da grelha, no capô e nos símbolos da Maserati. 

No exterior, por cima das saídas de ar nos guarda-lamas dianteiros é possível ver a assinatura da Barbie, com o “B” no pilar C. Já no interior podemos ver pespontos, várias peças em cor de rosa e o “B” nos encostos de cabeça. 

Com base no Grecale Trofeo, este exemplar não sofreu quaisquer alterações a nível de mecânica, contando assim com o 3.0 V6 biturbo Nettuno de 530 cv e 620 Nm.

Apenas dois Barbie Maserati Grecale serão desenvolvidos e o seu preço está estimado nos 330 mil dólares (cerca de 328 mil euros), dos quais 10% serão doados ao projeto “Barbie Dream Gap”, um projeto que apoia instituições de caridade e ajudam a fornecer oportunidades iguais a meninas em todo o mundo.

Suécia acabou com incentivos à compra de elétricos

O Governo sueco anunciou este dia 7 de novembro, sem qualquer aviso prévio, o fim dos incentivos à compra de veículos elétricos na Suécia, onde esses incentivos rondavam os 7000 euros, entrando em vigor essa medida no dia 8 de novembro. 

Ainda assim, o Governo confirmou que todas as compras feitas até a esse dia ainda vão poder usufruir dos incentivos. 

Esta decisão foi tomada com base em: “o custo de ter e conduzir um carro que se insere no bónus climático está a começar a ser comparável ao custo de ter e conduzir um carro a gasolina ou Diesel. Por isso mesmo, o bónus climático é abolido”, segundo o comunicado oficial do Governo sueco.

Ou seja, apesar do custo de aquisição de um elétrico continuar a ser superior ao de um modelo equivalente com motor de combustão interna, por outro lado o custo de utilização como a manutenção e o custo da energia é bastante inferior, acabando assim por compensar o preço mais elevado.

Mas não é apenas a Suécia que pensou nesta tomada de decisão. Outros países da Europa já começam também a ponderar reduzir ou acabar com os incentivos à compra de novos veículos elétricos. Como é o caso da Alemanha, que recentemente anunciou um corte nos incentivos à compra de elétricos já para o próximo ano. 

O Ministro das Finanças francês, revelou recentemente que defende a limitação de incentivos à compra de veículos elétricos apenas produzidos na União Europeia.

Também em Itália os incentivos à compra de novos carros elétricos têm sido tema de conversa. O partido “Fratelli d’Italia”, defende que os incentivos à compra de carro não podem resumir-se aos elétricos e aos híbridos plug-in.

Ampere e Power - modelos elétricos e a combustão - Renault

O Grupo Renault criou divisões específicas para os seus modelos elétricos, a Ampere e a Power, sendo que a Ampere se vai dedicar aos elétricos e software no Grupo, e a Power será responsável pelos modelos a combustão e híbridos. 

A Ampere é descrita pelo Grupo como um construtor independente e já tem entrada prevista na bolsa para o segundo semestre de 2023. Está previsto que, antes de 2030, a Ampere conte com uma gama de seis modelos: os Renault 4 e 5, o Mégane E-tech Electric, o futuro Scénic Electric e outros dois modelos que ainda não foram revelados. O objetivo é que a Ampere passe por produzir cerca de um milhão de veículos elétricos para a Renault em 2031

Já a Power estará responsável pelo desenvolvimento de modelos com motor de combustão interna e híbridos para a Renault, Dacia e ainda para a divisão de modelos comerciais da marca francesa. Sendo que esta nova empresa será detida em 50% pelo Grupo Renault e 50% pela Geely. 

Uma cadeira de escritório - O mais recente elétrico da Volkswagen 

A divisão de comerciais da Volkswagen desenvolveu esta cadeira de escritório que pode ser conduzida e até tem um sistema de infoentretenimento. Equipada com uma bateria removível e um motor elétrico, é capaz de atingir os 20 km/h e tem uma autonomia estimada de 12 km.

Conta com rodas de alumínio, (onde se insere o símbolo da marca), uma assinatura luminosa em LED nos apoios de braços, piscas na parte posterior, um sistema de aquecimento, um «modo festa» que liga várias luzes, uma pequena bagageira, um cinto de segurança e um gancho de reboque. 

Fácil de “conduzir”, basta usar o painel de controlo colocado no apoio de braços do lado direito. Já no lado esquerdo encontramos um pequeno ecrã para o infontretenimento que conta com imagens da câmara de marcha-atrás. 

Esta cadeira de escritório da Volkswagen trata-se apenas de um exemplar único, não tendo planos para ser produzida. Porém, quem a quiser experimentar vai poder fazê-lo em vários pontos da Noruega ao longo dos próximos meses.

 

ACOMPANHE TODAS AS SEGUNDAS AS NOVIDADES DO MUNDO AUTOMÓVEL COM A BRINCAR AUTOMÓVEIS!

14-11-2022