background

Blog

A marca de automóveis mais antiga de sempre
Image01

Falamos de uma empresa que foi fundada em 1810, pelos dois filhos de um entusiasta da indústria. Esse entusiasta, nascido em 1734, com o nome de Jean-Pierre Peugeot, dedicou a sua vida à indústria. Trabalhou em várias áreas da indústria e criou vários negócios – uma tecelagem, uma tinturaria, um moinho de óleo e um moinho de cereais. Os dois filhos de Jean-Pierre (Jean-Pierre II e Jean-Frédéric) fundaram em 1810 a Peugeot Frères, transformando o antigo moinho de cereais do pai numa fábrica de fundição de aço, criando moinhos de café, molas, serras, armações de guarda-chuvas e bicicletas.

Sim, como já percebeu, estamos a falar da Peugeot – que tem uma história com mais de 200 anos de existência!

Também o símbolo do leão é já bastante antigo, tendo aparecida pela primeira vez em 1847, quando a Peugeot produzia ainda produtos de aço. A imagem do leão foi usada para representar a força e precisão dos seus produtos. Em 1858, o logotipo foi registado como marca oficial da Peugeot.

O envolvimento da Peugeot com automóveis só aconteceu no final do século XIX, devido à influência de Armand Peugeot, neto de Jean-Pierre, que era fascinado por todas as coisas que eram mecânicas. Assim, ele orientou e liderou a empresa para a produção do primeiro veículo motorizado. Em 1889, fruto de uma colaboração com Léon Serpollet, um especialista de vapor da época, finalmente conseguiu. O resultado foi um veículo de três rodas a vapor, o Serpollet-Peugeot. Logo no ano seguinte, Armand Peugeot abandonou a tecnologia a vapor em favor da gasolina, e construiu o primeiro veículo de quatro todas movido a gasolina – o quadriciclo Tipo 2, que contava com um motor da Daimler (para quem não sabe, a Daimler é uma das duas empresas que acabou por originar a Mercedes-Benz). Apenas 4 veículos deste tipo foram produzidos.

Fonte: Peugeot

Veja todo o nosso stock de Peugeots, clicando aqui!

07-04-2021